Projeto Paulo Freire de Mobilidade Acadêmica, iniciativa do Ministério da Educação do Brasil e a Secretaria de Educação Pública do México, com o financiamento da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), constitui uma ação de mobilidade acadêmica de estudantes de graduação em escolas, faculdades, centros e programas de formação de professores. Seu objetivo principal é promover a mobilidade de estudantes universitários de graduação em carreiras relacionadas ao exercício da profissão docente. O público alvo é, portanto, os futuros professores de educação infantil, fundamental, média, educação especial e técnico-profissional.

O edital foi publicado no site www.int.unb.br e o recebimento de inscrições ocorrerá até o dia 4 de abril de 2018.